domingo, outubro 01, 2006


ADSE COM BURACO FINANCEIRO DE 763 MILHÕES

O Ministério das Finanças apresentou aos sindicatos uma proposta para aumentar a contribuição dos funcionários públicos, na ADSE, de 1 para 1,5 por cento. Propôs ainda que os pensionistas cuja reforma seja igual ou superior a 1,5 salários mínimos (cerca de 579 euros) passem a descontar um por cento.

O ministro Teixeira dos Santos afirmou, na sexta-feira, que o défice do sistema de saúde especial dos funcionários públicos (ADSE) atingiu no ano passado os 763 milhões de euros. Teixeira dos Santos explicava assim porque propôs aos sindicatos que os reformados passem também a descontar para o sistema e porque quer aumentar a contribuição dos funcionários públicos.

“O que pedimos é que os funcionários públicos contribuam um pouco mais para a ADSE”, concluiu o ministro, considerando injusto que sejam todos os portugueses a ter de sustentar este sistema sem poderem usufruir dos seus benefícios. E, isto, segundo o ministro, com a agravante de os funcionários, para além da ADSE, ainda podem usufruir do sistema público de saúde.
Teixeira dos Santos sustentou que o défice da ADSE (a diferença entre os gastos do sistema e as contribuições dos trabalhadores) foi de 450 milhões de euros em 2000, aumentando para 763 milhões de euros em 2005.

A ADSE (Direcção-Geral de Protecção Social aos Funcionários e Agentes da Administração Pública) segundo se pode ler no seu site, em Agosto de 2006, a ADSE registava um total de 1.345.614 beneficiários com direitos.
865.256 titulares com 480.358 familiares ou equiparados e 261.972 aposentados.

Pessoalmente, nunca entendi a razão da existência de dois serviços nacionais de saúde. Nem nunca entendi a razão porque é que os funcionários públicos têm o direito de possuírem o seu próprio sistema independente do regime geral.
Nunca entendi essa dos “funcionários públicos e os outros”.
O défice 763 milhões de euros na ADSE quem é que os paga?
Onde é que o Governo vai buscar o dinheiro para tapar o buraco financeiro ?
Claro que todos sabemos a resposta…

UM ERRO DO ESTADO NOVO

A ADSE foi criada nos anos 60. Foi um dos erros do Estado Novo que contribuiu, desta forma, para abrir fossos sociais. O erro começou aqui. Fomentou a existência de classes sociais. Pensou que era necessário proteger os seus funcionários, como garantia da sua própria sobrevivência. Enganou-se !!!
Foram eles, os seus funcionários, quem mais contribuíram para a sua queda e desacreditação.
Está na hora de repor a justiça:
Acabar de vez com regalias de classe.
Manuel Abrantes

Comentários:
nao acredito. O Abrantes a dizer mal do estado novo.
e pra atirar poeira para os olhos
 
O sr anonimo nunca viu nada escrito por mim que disse-se que o Estado Novo foi um "poço de virtudes".
Cometeu grandes erros (especialmente) após a 2ª Guerra Mundial. E, nos anos 60 quando devia ter iniciado uma mudança de estratégia politica tentou a todo o custo fazer "parar o tempo".
E ninguem faz parar o tempo...
 
o bolicao e´ mesmo chato ! se se fala bem é porque se fala bem , se se fala mal e´ porque se fala mal !
 
Exacto caro Abrantes, o Estado Novo pecou por não se ter renovado e adaptado às exigencias que a história lhe impunha.

Cumprimentos
 
o "bolicao" nao é o mesmo seu racista porco.
 
100% de acordo.

É inaceitável! Os trabalhadores vão pagar os centros de saúde às 8 horas e saem às 17H (e.g., no centro de saúde das Caldas das Taipas)!

O anafado funcionalismo público tem direito a 2 pares de meias elásticas por ano! O povo, na miséria, com 249 euros, usa o mesmo par, pago do seu bolso, até morrer com a varizes a aumentar!

O povo, explorado por reformas abjectas do funcionalismo, - se quiser enxergar, - paga os seus óculos e paga (com o IVA) os óculos do funcionalismo!

JUSTIÇA!
REVOLUÇÃO, JÁ!
 
Os militares por exemplo têm direito á ADM mas para tal descontam uma verba mensal usufruam ou não desse serviço, um bom exemplo de alguma justiça nesse aspecto.
 
Enviar um comentário

Subscrever Enviar comentários [Atom]





<< Página inicial

This page is powered by Blogger. Isn't yours?

Subscrever Mensagens [Atom]