quinta-feira, outubro 12, 2006


PARLAMENTO EUROPEU
PODE POR FIM ÀS TOURADAS



Hoje, no Parlamento Europeu, vai ser discutido um relatório sobre a protecção e bem-estar dos animais que propõe, no seu ponto 71, o fim dos combates de animais no espaço europeu, incluindo os de touros. Ou seja, as touradas.

O relatório, da autoria da eurodeputada alemã Elizabeth Jeggle, do Partido Popular Europeu (PPE), propõe à Comissão europeia que ponha termo "aos combates de cães, touros e galos", por via de legislação comunitária ou de cada estado membro, e que assegure "que as pessoas em causa não recebam qualquer subsídio estatal ou nacional relacionado com as suas actividades”.

Segundo o Diário de Notícias, na sua edição de hoje, os eurodeputados portugueses e espanhóis que integram o PPE - do PSD e do PP, no caso dos portugueses - propuseram à sua força política que "a palavra touros fosse votada em separado", explicou ao DN o eurodeputado social-democrata Duarte Freitas, sublinhando que a proposta "foi aceite". Isso poderá permitir a eliminação da palavra "touros" do relatório, excluindo a hipótese de as touradas serem incluídas numa futura acção legislativa da UE baseada no relatório Jeggle.A eurodeputada, Edite Estrela, disse ao matutino que apoia a supressão do termo "touros" do documento, acrescentando que o parágrafo 71 "revela desconhecimento total de tradições seculares de alguns estados membros, como Portugal",

Que sejam os Portugueses a discutir as suas tradições, estou de acordo. Mas, agora que sejam discutidas, tendo em vista a sua proibição, por alemães, suecos, finlandeses, britânicos, etc, etc, que nunca viram uma corrida de touros, e a única coisa que conhecem é o bife, não só não posso concordar como me revolta.
Que conhecimentos de causa tem essa gente para discutir as tradições de países que – muito deles – nem sequer sabem onde ficam no mapa?
Quem é esta malta que decreta sobre assuntos que desconhece em absoluto?
São os donos da Europa, não é verdade ?
Olhem a história. Olhem a história…
Manuel Abrantes

Comentários:
Esta escumalha de eurocratas ignorantes tem de ser corrida,não numa arena,mas da Europa!
 
Não gosto de touradas. Mas tembem concordo que o tema deve ser discutido em Portugal e não em Bruxelas
 
Finalmente vai haver humanismo na Penísula Ibérica.
Tradição?? O que é isso? Queimar bruxas no terreiro do paço....
 
Se a proposta fosse avante. Tinham de fechar em primeiro lugar a Praça de touros de São Bento.
 
Abrantes, eh!
Eh touro lindo!
 
Isto exige um pedido de desculpas da UE. Já dominam a economia, a política falta pouco, também querem a identidade?

Fora com eles, já! Somos pobres, mas não somos escravos. Antes a fome que o fim!

Mas quantos Condes Andeiros há neste país? Tenham vergonha, anónimos!
 
Caro Santos Queirós:

Condes Andeiros estes anónimos? Serão mais Cristóvãos de Moura ou Miguéis de Vasconcellos, que se escondem nos armários do anonimato quando as coisas não lhes correm de feição. Mas, tal como o último, também podem acabar defenestrados.

Um conselho a esses senhores: se não gostam das nossas tradições quase milenares, emigrem para essa Europa bruxelense, tremendamente estúpida e cinzenta, direccionada para um sovietismo apagado e malsão (todos os sovietismos são maus), que quer uniformizar tudo e todos pela bitola da mediocridade padronizada. Recordo-me do filme «The Yellow Submarine» com os Beatles, em que a «Terra do Arco-Íris» era ocupada pelos «azuis» (a côr de Bruxelas), e dominados por «Sua Azulidade». Esta não descansava enquanto tudo não se tornasse azul...

Pessoalmente, não gosto de touradas, mas compreendo a arte de tourear e a tradição a elas subjacente. No fundo, quem está tão uniformizadoramente contra as touradas é, no mínimo, hipócrita: se visitar um matadouro (sim, mesmo os certificados pela maldita CE) irá compreender o que eu quero dizer. É uma imagem que custa a apagar da memória.

Por isso, volto a repetir: emigrem, e levem convosco os desgovernantes servos de Sua Azulidade estupidificante...

Fora com a CE e os estrangeirados! Viva Portugal!
 
Enviar um comentário

Subscrever Enviar comentários [Atom]





<< Página inicial

This page is powered by Blogger. Isn't yours?

Subscrever Mensagens [Atom]