sábado, novembro 11, 2006


O CONGRESSO DAS “PALMADINHAS NAS COSTAS”

Está aberto o XV Congresso do Partido Socialista.
José Sócrates, disse ontem na abertura que o País "não pode ser governado por quem mais grita na rua".

O líder socialista não se ficou por aqui e acrescentou que o executivo manterá o rumo das reformas, convicto de que o mandato que os portugueses lhe conferiram nas urnas, em Fevereiro de 2005, foi a verdadeira "voz do povo".
"Nós não partilhamos da ilusão de uma certa esquerda de que há governação sem Governo”, acrescentou

Atacando à direita e à esquerda, Sócrates disse que "se julgam que intimidam os socialistas e impressionam o seu Governo, desenganem-se. Vêm bater à porta errada. Este partido já viu muita coisa e nunca se deixou intimidar."

Foi um alegre “cantar de galo” num poleiro dourado onde o resto da “galinheiro” cacarejou de alegria e de apoio.
E, no fundo, têm razões para isso. Tudo lhe corre de feição. A oposição não existe nem apresenta argumentos credíveis para criar a desordem no “galinheiro socialista”.
È um alegre passear pelas ruas da governação. E, a continuar assim, os socialistas vão ser obrigados a suceder a eles próprios nas próximas eleições.
Manuel Abrantes

Comentários:
Sem dúvida, caro amigo.

Da maneira como está a oposição, teremos PS por 2 ou 3 mandatos. É pena é votarem os Portugeses sempre pelo "do mal, o menos"...
 
o tacho agora esta do lado do ps , mas quando estiver do lado do psd , sera igual !
 
Enviar um comentário

Subscrever Enviar comentários [Atom]





<< Página inicial

This page is powered by Blogger. Isn't yours?

Subscrever Mensagens [Atom]