terça-feira, maio 01, 2007


COMO JÁ ERA DE ESPERAR
O CASAMENTO ENTRE PESSOAS DO MESMO SEXO
É O FREGUÊS QUE SE SEGUE

Já era de se esperar. Depois da aprovação da Lei do aborto, o casamento entre pessoas do mesmo sexo e a possibilidade deste de adoptarem crianças, era a fase que se seguia.
Segundo noticia o jornal Correio da Manhã, o Código Civil deverá ser revisto até 2010, “em matéria de relações familiares, tendo em conta as novas realidades sociais”. Uma sugestão que poderá indiciar mais direitos para os homossexuais, nomeadamente ao nível do casamento civil e, até, da adopção de crianças.
Segundo o matutino, a revisão do Código Civil é uma das propostas da Comissão de Projectos para as Comemorações do Centenário da República. O grupo, dirigido pelo constitucionalista Vital Moreira, sugere no relatório de Setembro de 2006, em discussão pública até 31 de Maio, que o centenário da implantação da República “deveria ser inserido no mainstream da acção política e governativa até 2010, com o aprofundamento da democracia e da cidadania, com a promoção da igualdade nos planos social, de género e étnico”.

Não há nada melhor para comemorar a implantação da República do que a tentativa de legalização do casamento entre pessoas do mesmo sexo e a adopção de crianças.
Já estamos a ver os canais televisivos a abrirem as suas edições noticiosas com casais homossexuais a mostrarem os seus novos “rebentos”. Crianças abandonadas e agora criadas por dois papás ou duas mamãs.
Lindo e muito avançado no tempo… AH ! E muito democrático.

A pressão exercida pelos lobbys gays, e as suas infiltrações nos poderes instituídos, é o resultado desta aberração. As já instituídas por Lei “Uniões de Facto” não lhe chegavam. Era necessário mais.
Que lindo, e cor-de-rosa, será um casamento entre dois homens, com o enlace final de um grande beijo na boca. E, para completar o quadro, uma criancinha sorridente sem saber porquê. As televisões e as revistas do Jet Set lá estarão para perpetuar o acontecimento.

Não há dúvida de que, as hostes socialistas, para além da destruição das estruturas sociais querem, agora, (há muito…) destruir também os alicerces da família. A família tradicional, na sua verdadeira concepção, está na mira desta gente.
Em Portugal, agarraram-se ao que o seu camarada socialista Zapatero fez em Espanha. De um dia para o outro, e sem grande alarido, fez aprovar a Lei do casamento entre pessoas do mesmo sexo. Até a poderosa Igreja Católica de Espanha foi apanhada de surpresa.
Devagar, e de mansinho, vão aniquilando paulatinamente todas as estruturas tradicionais da sociedade. Mas que raio de sociedade quer esta gente impor ?
Afinal o que é que querem ?
Destruir, destruir, destruir. Mas, para construir o quê ?
Manuel Abrantes

Comentários:
«Devagar, e de mansinho, vão aniquilando paulatinamente todas as estruturas tradicionais da sociedade. Mas que raio de sociedade quer esta gente impor ?
Afinal o que é que querem ?
Destruir, destruir, destruir. Mas, para construir o quê ?»



---» Os Judeus andam 'nisto' há milhares de anos... eles sabem muito 'disto'... e, tradicionalmente, quem se mete com os Judeus... invariavelmente... vai parar ao 'caixote do lixo' da História.
---» Um exemplo: os Judeus andam a 'mexer cordelinhos' no sentido de mandar a Identidade Étnica Europeia [nota: em particular, a Ariana] para o 'caixote do lixo' da História.
---» etc.

---» A SOBREVIVÊNCIA é mais importante que a Ideologia!!!
---» A única maneira de salvar a Identidade Étnica europeia... é (antes que seja tarde demais)... mobilizar a minoria de europeus [quer os de 'Direita'!!!... quer os de 'Esquerda'!!!...] que estão disponíveis para lutar pela
SOBREVIVÊNCIA da Identidade étnica europeia... no sentido de... reivindicar o legítimo direito ao SEPARATISMO.
 
infelizmente a caminhar para o orgulho gay,, que por sua vez é já uma palavra gay...para um mundo apaneleirado...
 
Enviar um comentário

Subscrever Enviar comentários [Atom]





<< Página inicial

This page is powered by Blogger. Isn't yours?

Subscrever Mensagens [Atom]