sábado, maio 12, 2007


NEM A CAMPANHA À PRESIDÊNCIA DE CAVACO ESCAPA
SEDE CONCELHIA FOI CEDIDA POR PORTUGUÊS PRESO NO BRASIL


Segundo apurou o Diário de Notícias a sede concelhia, em Oliveira de Azeméis, da candidatura de Cavaco Silva às presidenciais de 2005, foi cedida a título gratuito por Licínio Bastos detido no Brasil no âmbito da "Operação Furacão".
Licínio Bastos foi detido sobre a acusação de, a partir do Brasil, negociar sentenças judiciais e decisões políticas para beneficiar casas de bingo e de máquinas de jogos de azar em Portugal.
Licínio Bastos está envolvido no processo brasileiro designado por "Máfia das Sentenças" e “Operação Furacão”, que levou à prisão vários juízes, advogados e empresários, entre os quais outro português, Laurentino dos Santos, por alegadamente negociarem sentenças em benefício do funcionamento de casas de jogo no Brasil. O empresário foi indigitado, pelo governo de José Sócrates, para cônsul honorário de Portugal em Cabo Frio, mas a sua nomeação acabou por ser suspensa.

Há uma semana atrás, o jornal “Público” publicava que Licínio Bastos tem ligações a dirigentes do PS e alegadamente financiou a campanha eleitoral do socialista Aníbal Araújo, candidato a deputado pelo círculo fora da Europa nas legislativas de 2005. Isto, sem esquecer que o visado é também proprietário do imóvel onde está instalada a sede do PS no Rio de Janeiro, na Barra da Tijuca

Segundo o mesmo jornal, a Polícia Federal brasileira suspeita que o português fosse o intermediário do grupo nas negociações para abrir casinos em Portugal e no Brasil. Numa das escutas anexadas ao processo, outro detido, o advogado e empresário Jaime Garcia Dias, admitia ao vice-presidente da Associação dos Bingos do Rio de Janeiro, José Renato Granado, que estava em Portugal reunido com deputados e que as despesas da estadia estavam a ser suportadas "pelo presidente da câmara". Na transcrição da escuta, o empresário brasileiro nunca revelava o nome ou o partido dos deputados e do autarca.

A FOME DO PODER E A GANÂNCIA DO LUCRO FÁCIL

Bem! Com apoiantes e amigos destes que é que necessita de inimigos?
Isto só prova as infiltrações mafiosas nos partidos políticos e os seus jogos de influência.
Os partidos políticos, especialmente os que detêm o poder, são um bolo apetecido para os negócios de influências e para transformar o ilícito em licito.
Como se pode ver, gente como esta, muda de campo político ao correr das suas necessidades. Para o Governo apoiam financeiramente o partido que melhor se posiciona na corrida e para a Presidência o candidato que lhes parece vir a ser o vencedor. Não jogam em falso. Não senhor!

Contudo, não deito as culpas somente aos oportunistas da politica. Os dirigentes partidários, ou os candidatos individuais a cargos de eleição, são os principais culpados. São eles os responsáveis no aceitar das dádivas (????) de tal gente. Para serem eleitos necessitam de grandes meios financeiros e não olham (ou não querem) de onde possa provir as verbas, ou outros tipos de ajuda, necessárias para as campanhas.
Tudo serve para a vitória eleitoral e tudo se “apaga” e se “paga” depois de eleitos.
Contudo, no caso da candidatura presidencial, não acredito que Cavaco Silva soube-se, sequer, de tais dádivas vindas deste tipo de gente. Não sabia. Acredito! Mas devia ter tido o cuidado em saber. Ele (Cavaco) ou qualquer outro candidato.

Fala-se muito na corrupção dos eleitos mas muito pouco nas fontes de onde provêm as verbas que alimentam as máquinas partidárias. E isto não se resume apenas ao poder central. No poder autárquico a situação é, ainda, pior.
Para os partidos, donos e senhores deste sistema, não é grave que um dos seus eleitos esteja envolvido em negócios escuros. Têm muita gente para o substituir nos cargos de eleição e até serve para “limpeza” partidária. Agora, os financiadores – esses - já não assim tantos nem tão fácil de substituir.
Resumindo e concluindo:
- A partidarite, senhora do poder, perdeu a vergonha. Se é que alguma vez a teve…
Manuel Abrantes

Comentários:
Vem a calhar. Postei e vou fazer o link para Vocês porque o texto completa-me o post. Um abraço K'mrds.
 
Enviar um comentário

Subscrever Enviar comentários [Atom]





<< Página inicial

This page is powered by Blogger. Isn't yours?

Subscrever Mensagens [Atom]