quinta-feira, maio 10, 2007


ZANGAM-SE AS COMADRES DESCOBREM-SE AS VERDADES

A saída de Helena Roseta do PS para concorrer à Câmara de Lisboa já está a causar mau estar nas hostes socialistas.

Manuel Alegre disse à Lusa que o partido “está doente e arrogante”, manifestando "muita preocupação e apreensão e uma profunda tristeza" pela desfiliação de Helena Roseta. Para o deputado socialista "vejo isto como um facto muito grave e como um sintoma de doença no PS, de grande arrogância e de falta de memória. Quando se trata desta maneira uma pessoa como a Helena Roseta isso quer dizer que não há respeito pelos valores, há só gestão do poder".

Resta, agora, saber se estas declarações do senhor Alegre são já sinais do “cantar do cisne” dos tempos de gloria do PS ou se já se prepara para a corrida depois do funeral politico de Sócrates.
As hostes socialistas já começam a dar sinais de cansaço político. As guerrilhas internas já começam a vir a terreiro. Quando a fartura do repasto é muita, os glutões até se comem uns aos outros. Quanto mais comem, mais querem comer.

O senhor Alegre sempre nos brindou com as suas verborreias políticas como um sinal de guerra na capoeira. È como o árbitro no futebol quando apita para iniciar o jogo.
Quando a comida na mesa é muita todos lutam pelos melhores pratos. È encher as barriguinhas porque a comidinha boa pode vir a faltar e um momento para o outro.

Manuel Abrantes

Comentários:
Ora nem mais. A reler.
Boa noite.
 
Enviar um comentário

Subscrever Enviar comentários [Atom]





<< Página inicial

This page is powered by Blogger. Isn't yours?

Subscrever Mensagens [Atom]