sábado, junho 23, 2007


ENTREVISTA DE JOSÉ PINTO-COELHO À TSF

Uma entrevista onde se definem as grandes linhas do Partido Nacional Renovador.
José Pinto-Coelho soube dar as respostas necessárias às questões colocadas.
Vale a pena ouvir a entrevista.
Visite o site do PNR (aqui na coluna à direita) e ouça a entrevista.

Comentários:
Vou ouvir.
A voltar, devagar, vim deixar um abraço.
 
gostei muito da entrevista ! a jornalista bem tentou baralhar o presidente com assuntos nacionais e lisboetas mas ele nao foi nisso , afinal esta a concorrer para a camara lisboeta , para a assembleia logo chegara o tempo . viva o pnr ! viva jose pinto coelho !
 
E viva o Sr Abrantes que está sempre ao lado do nosso Presidente
 
Sr anónimo das 11:10
Ao lado posso estar. Mas concordar, sempre com o que ele diz.
Nem sempre...
 
Sr. Manuel Abrantes:
Tenho acompanhado as suas crónicas através do Portugal Club.
Só agora descobri o seu site.
Por coincidência fui ouvir a entrevista ( penso) que do leader do Partido que defende.
Sr Manuel Abrantes:
Não acredito que concorde com o que foi dito.
Fim da GNR e da PSP?
Reforçar as Polícias Municipais?
Sobre as ordens de quem? Dos Valentins Loureiros, das Fátimas Felgueiras, dos Isaltinos de Morais . È isso?
Sindicato do Polícias com direito à greve, depois de se armar em arauto da defesa da incrementação de um reforço da segurança nas ruas ?
Onde é que estiveram as propostas concretas sobre o problema da imigração?
È contra mas também é a favor.
Isso não é a demagogia com que acusou tudo e todos ?
No final só tiro uma conclusão sobre o que disse este político:
Não existe conclusão nenhuma.
Falou e falou. Acusou tudo e todos de demagogia mas a entrevista mais demagógica que já assisti em mais de trinta anos de democracia foi esta.

Eu sou (repito) um seu leitor muito atento ao que escreve.
Não acredito que tenha concordado com o que foi dito. Ou melhor: não disse nada
 
Ó miroma, só por muita má vontade ou por muita estupidez é que tira essa conclusão. E quanto às polícias qual é a dúvida? Ele defendeu a criação de uma polícia nacional militarizada para o combate ao crime e a clarifocação das policias municipais que deverão ficar com trabalhos específicos, menos militarizadas e poderão ser sindicalizadas. Isto é demagogia porquê? Será que as actuais policias são eficazes e estão actuaizadas?
E ele não apontou muitas medidas concretas em várias áreas?
E não foi sistematicamente interrompido na tentaiva de dispersar para outros assuntos?
Se achas que não propostas vai mas é ler o programa no site e deixa-te de idiotices, pah!
 
PROPRIEDADE PRIVADA LIMITADA-????? MAS ESTAMOS NA URRS OU QUE?? QUAL É PROBLEMA DE SER DONO DE UM PREDIO DEGRADADO EM LISBOA E DE O VENDER POR UMA PIPA DE MASSA??? QUAL É?? O QUE ELE TEM E INVEJA TAL COMO O BOTAS ADVOGA A PROBREZA NÃO É???
 
Propriedade privada limitada, sim senhor. Eu posso ter um terreno e nem gostar de lá ir mas sou obrigado (teoricamente) a manter a mata limpa para prevenir incêndios. Com os prédios tem de acontecer o mesmo, podemos todos ter os prédios que nos apetece, mas há condições mínimas que têm de ser garantidas pelo proprietário. Prédios devolutos no centro da cidade não obrigado. Ou os arranjam, ou fazem-se à vida, ou as Câmaras devem "pegar" neles.
 
não esta em causa terrenos rurais dos quais tenho alguns que estão sempre lavrados e levres de ervas secas e quando os proprietarios simplesmente não tem dinheiro suficiente para fazer obras necessarias??? que faz a camara?? comparticipa ou "pega" nelas???
 
Quem não tem dinheiro não tem vicios.

Se não tem dinheiro para fazer obras vende o bem e resolve o problema.

Em alternativa faz um empréstimo bancário. No caso de um imovel, recupera-o e rentabiliza-o.

Se não faz nem uma coisa nem outra, meus amigos, não há pão pa malucos, reverte a favor da autarquia.

Republica das bananas, não, obrigado!

Portugal sempre.
AP
 
Enviar um comentário

Subscrever Enviar comentários [Atom]





<< Página inicial

This page is powered by Blogger. Isn't yours?

Subscrever Mensagens [Atom]