terça-feira, junho 19, 2007


LISBOA VAI FICAR UM MIMO

È O Ruben da defender a manutenção do IPO (Instituto Português de Oncologia); é o Costa a defender uma melhor segurança para os piões, residências assistidas e apoio domiciliário à terceira idade; o Carmona a defender a resolução para os trabalhadores camarários não inscritos no quadro; o Telmo a defender que o saneamento financeiro da Câmara passa por um novo modelo de gestão e acabar com a duplicação de serviços; a Helena a defender como prioridade a reestruturação da dívida, a racionalização de meios e a implementação da avaliação de desempenho dos funcionários; o Negrão a propor a criação de um Fundo Imobiliário para fazer face ao descalabro financeiro e por último o Sá a defender que vai continuar a chatear tudo e todos, mas sem meter a cabeça em nada.

E, isto, são só as promessas feitas nos últimos dias e ainda, nem sequer, entramos em plena campanha.
Mas eu acredito neles.
Verdade!!!
È que temos de dar a oportunidade ao PS, ao PSD, ao CDS, ao BE ao Carmona porque foi gente (partidos) que nada tem a ver com a situação caótica da Câmara de Lisboa. Aliás, nem nunca tiveram nada a ver com a Câmara de Lisboa, nem neste último mandato nem nos anteriores. Por isso, têm todo o direito de apresentar propostas porque nunca tiveram a oportunidade de as pôr em prática.
Esta Câmara sempre foi gerida pelo Zé do PNR, o Garcia Pereira do MRPP, o Manuel Monteiro do PND ( este já lá esteve) e o monárquico Câmara Pereira. È, por isso, que as suas opiniões não têm reflexo nenhum nem merecem qualquer crédito nem têm qualquer validade.
E, aliás, nestes pequenos grupelhos não pode existir ninguém com capacidade para gerir seja o que for. Se algum deles mudar para o “clube dos grandes” – aí sim! - tem capacidade. Tem sim senhor! Porque é nos grandes partidos que se aprende a arte de governar.
Governar sim! Não é mentira nenhuma. Eu não disse foi o quê, nem quem, nem como…
Manuel Abrantes

Comentários:
companheiro, cuidado com essas associações ao criminoso bombista.
 
Vi ontem o debate na SIC-N.
O Pinto-Coelho não tem pedalada para aquela gente.
Não tem estofo para aguntar com eles.
Davam-lhe a volta e arrumavam-no a um canto logo no início.
 
Carmona apenas está preocupado com o meter no Quadro (que é isto de quadro?) os amigalhaços (as). É verdade que na generalidade as Câmaras são uma Agência de Empregos. Com cartão do Partido na Presidência, de preferência. E se falarmos dessas Empresas fantasma das Câmaras, então as coisas pioram. Veja-se em Lisboa a GEBALIS. DE 30 EMPREGADOS 29 SÃO FILIADOS NO PSD!
 
Enviar um comentário

Subscrever Enviar comentários [Atom]





<< Página inicial

This page is powered by Blogger. Isn't yours?

Subscrever Mensagens [Atom]