terça-feira, setembro 11, 2007


AS INCOERÊNCIAS DA GOVERNAÇÃO SOCIALISTA

O primeiro-ministro José Sócrates anunciou, na cidade da Guarda, que os empresários que instalarem empresas no Interior do País vão ter benefícios fiscais de 15 por cento enquanto que as já existentes vão ser beneficiadas em 10%.
Para Sócrates, esta medida, vai “permitir às empresas no Interior as mesmas condições de oportunidade que se oferece a todo o País”.
È uma medida que, analisada isoladamente, é de louvar pelo incentivo que poderá trazer ao mundo empresarial interessado em investir nas zonas do interior do País.
Mas, não há investimentos empresariais sem trabalhadores e, estes, têm de possuir as condições necessárias para se instalarem nas respectivas áreas de trabalho.
Só que o primeiro-ministro não anunciou, por exemplo, que só no distrito de Viana do Castelo o seu governo encerrou, recentemente, mais 23 escolas primárias.
Os encerramentos foram assim repartidos: Ponte de Lima passa de 44 para 35 escolas, Monção de 17 para 9 e Ponte da Barca de 20 para 14.
E isto é só um pequeno exemplo. Não nos esqueçamos que o Sindicato de Professores da Região Centro (SPRC), a 27 de Maio do corrente, assegurava que o documento do Gabinete de Informação e Avaliação do Sistema Educativo (GIASE) apontava para o encerramento de mais de 1300 escolas básicas do 1º ciclo no próximo ano lectivo.
O Ministério da Educação reagiu à denúncia do sindicato informando que o único número oficial sobre o encerramento de escolas apontava para 900 e não 1300.

E isto é, apenas, no ensino. Os serviços de saúde e as maternidades foram outras medidas economicistas aplicadas pelo governo socialista.
Que os governantes socialistas queiram apoiar o sector empresarial no interior do País é uma medida aceitável e de louvar mas, que retire as condições mínimas das populações é algo muito diferente.
O problema é que o mundo empresarial tem rosto e nome e os que labutam dia a dia apenas têm um número de contribuinte.
Manuel Abrantes

Comentários: Enviar um comentário

Subscrever Enviar comentários [Atom]





<< Página inicial

This page is powered by Blogger. Isn't yours?

Subscrever Mensagens [Atom]