terça-feira, novembro 13, 2007


UM LIDER COM PÉS DE BARRO OU UM TIGRE DE PAPEL
- Os comunistas, às vezes, tinham frases muito oportunas…

O Conselho Geral do PND, que se realizou no passado fim de semana em Guimarães, trouxe para a ribalta as velhas acusações dos radicalismos.
O líder demissionário (?) Manuel Monteiro acusa os Nacionalista de tentativa de infiltração e de quererem tomar conta do partido.
Quando um líder começa a perder terreno na sua liderança tudo lhe serve para justificar o injustificável. Até a insinuação e as acusações sem nexo nenhum lhe servem.
Ainda há bem pouco tempo Manuel Monteiro dizia que os “Nacionalistas no PND eram meia dúzia de gatos pingados”. Hoje, podemos ler o seguinte no órgão oficial do partido:

“Segundo Manuel Monteiro, os indivíduos de extrema-direita terão começado a invadir" a Nova Democracia após a sua demissão da liderança do partido.Eles pensaram que eu me ia embora e acharam que era o momento de atacar", disse o líder da Nova Democracia, acrescentando que a partir dessa data o número de fichas de inscrição de militantes aumentou de tal forma que, actualmente, "o número de fichas que estão para avaliação é incontável".
A “meia dúzia de gatos pingados” de há quinze dias atrás passou ao número de “incontável”.

Não restam dúvidas que Manuel Monteiro quer segurar a sua liderança colocando-se no pedestal de vítima de tenebrosos agitadores políticos. E nada melhor do que acusa-los de extrema-direita racista e xenófoba. Os mesmo que abandonaram um outro partido por não se identificarem com tais aberrações políticas.

Algo está bem demarcado!
A liderança do Dr. Manuel Monteiro está posta em causa. E só os fracos têm medo das oposições.
Eu não deixo de respeitar o Dr. Manuel Monteiro só por não acreditar na sua falta de visão politico-estrategia para o partido que fundou.
Dr. Manuel Monteiro sozinho – tenha o passado politico que tiver, que eu muito respeito e admiro – já não contabiliza nem mobiliza as massas populares para qualquer causa que defenda.
Isto está mais do que provado. E a única visão politica que transpira é a tentativa (eu disse: tentativa) de andar a reboque dos partidos à direita do PS. E qualquer dia até o PS serve.
Está mais do que provado que a sua liderança não conduziu o partido a um apoio popular.
O PND tem princípios e propostas claras para se impor na política Nacional. Só ainda não o conseguiu porque a única imagem que transpira para a população é a de um partido que tem como única função a promoção pessoal do seu líder e um ajuste de contas com o seu anterior partido ( CDS/PP) e com o politico Dr. Paulo Portas.

Com o Dr Manuel Monteiro à sua frente o PND não passa de um grupo de políticos a tentar ajustar contas com um passado partidário.
E enquanto não passar disto não vai a lado nenhum.
Dr. Manuel Monteiro pode ter forte posição nos média e nas altas esferas da politica Nacional. Tem imagem! Isso tem! Mas perdeu todo o apoio popular que chegou a contabilizar há poucos anos.
Dr. Manuel Monteiro já teve laivos de alternativa politica. Contudo, deixou-se cair nas alternâncias. Perdeu todo o seu carisma político. Não passa de um politico simpático e educado mas não reconhecido pela população como alternativa política.
Dr. Manuel Monteiro caiu no engodo de pensar que a sua imagem do passado lhe era suficiente para contabilizar votos. Puro engano!!!
Nos dias de hoje só as propostas de alternativas políticas produzem aceitação nas massas populares.
Podemos ter uma “bonita” imagem mas se não houver propostas de nada vale. E o PND tem propostas e pode vir a ter muitas mais. E é nas propostas políticas que tem o seu único caminho.
Manuel Abrantes


Comentários:
Sabes o que quero dizer.

Abraço

Rui Pires da Silva
 
Claro que sei, Rui.
Mas em Democracia não devemos silenciar as opiniões.
 
Abrantes que grande erro em ter deixado o PNR já que agora nem uma coisa nem outra.
 
Está enganado(a) sr/a) anónimo.
Os motivos que me levaram a abandonar o PNR continuam.
Defendo o Nacionalismo pela via Democrática.
E quem é que lhe disse que o PND (Nova Democracia) não é a grande alternativa para a bagunça da política actual ?

"nem outra"? não percebo...
Não está a tirar conclusões precipitadas?
Eu entendo. Gostaria que assim fosse. Mas é pena (para si): - Não é!!!
MA
 
Enviar um comentário

Subscrever Enviar comentários [Atom]





<< Página inicial

This page is powered by Blogger. Isn't yours?

Subscrever Mensagens [Atom]