segunda-feira, janeiro 28, 2008


O COMBATENTE ANTI-TABACO ACUSADO DE ASSÉDIO SEXUAL

Macário Correia, agora presidente da Câmara de Tavira, confirmou à Agência Lusa que foi constituído arguido por alegado assédio sexual a uma jurista da autarquia, mas ressalvou que «isso não significa nada» do ponto de vista judicial.

O homem, e político, que um dia afirmou que “beijar uma mulher que fuma é o mesmo que lamber um cinzeiro” vê-se, agora, a braços com um processo por abuso de poder e assédio sexual.
Macário Correia, 49 anos, é arguido desde Dezembro passado por alegado crime de abuso sexual, na sequência da formalização de uma queixa por parte da chefe dos serviços jurídicos da autarquia, Teresa Sequeira, de 43 anos.
A jurista alega que Macário Correia, com a sua conduta, terá praticado os crimes de «maus tratos», «coacção sexual», «difamação e injúria» pela «forma pública e caluniosa», sendo que estes são agravados «porque cometidos contra funcionário/a, no exercício das suas funções».
Por sua vez, a advogada da queixosa diz que os alegados crimes terão sido perpetrados «todos na forma continuada», pelo que poderá ainda estar em causa um «crime de abuso de poder porque os factos foram praticados no exercício das suas funções e por causa daquelas, o que não teria sido possível se o denunciado não dispusesse do cargo que ocupa».

Não há dúvida sobre aquela frase muito antiga e de cariz popular: “no melhor pano cai a nódoa.
Pelo que se pode concluir é que a queixosa não fuma. E não estou, nem vou, concluir mais nada…
È que, quando queremos ser paladinos da moral e dos bons costumes, temos também de o ser. Não é senhor Macário Correia ?
Manuel Abrantes

Comentários:
Por falar em presidentes de Câmara. O Presidente da Câmara de Castro Verde decidiu festejar efusiva e oficialmente o assassinato do Rei D. Carlos I, descerrando até uma lapide de homenagem a um dos assassinos.
http://www.inesting.org/cm_castroverde/inicio/
Não sei o que será pior, um presidente de Câmara a fazer oficialmente a apologia do terrorismo ou um presidente de Câmara a fazer assédio sexual.
 
Sr anonimo(a)
Nem uma coisa nem outra.
So publiquei e comentei o caso do Macário Correia por ser um paladino dos "bons costumes".
Os falsos moralistas enojom-me.
So isso...
 
Verdade seja dita, a questão dos assédios, faz-me muita confusão.
É que nos dias de hoje , já não se sabe quem é que assedia quem.
E depois há os beneficios de tais actos.
Negociados na horizontal.
 
Afinal parece que há benefícios em fumar...
 
Enviar um comentário

Subscrever Enviar comentários [Atom]





<< Página inicial

This page is powered by Blogger. Isn't yours?

Subscrever Mensagens [Atom]