segunda-feira, abril 21, 2008



UMA ESQUERDA DIFERENTE

Publicado no Jornal da Nova Democracia, o militante e articulista, Manuel Brás, publica mais um excelente texto que, pela sua pertinência, o “Estado Novo” não podia deixar de publicar.
Aliás, este militante da Direita Portuguesa, há muito que nos vem brindando com excelentes análises políticas no jornal on-line do PND.



Uma esquerda diferente



Temos que reconhecer: na comunicação social, tudo o que tem o rótulo de direita é metido na grelha de um estereótipo fabricado e está condenado à morte




Qualquer tipo pode mentir, roubar, ter comportamentos duvidosos ou menos transparentes nos negócios, nas promoções, pode até barafustar com os seus pares, ter atitudes arrogantes, etc. Se for de esquerda tudo isto se tolera e desculpa. É sempre e tudo para o bem da sociedade. Mas ai se for de direita: está-se a servir da coisa pública para interesse próprio, é incompetente, não sabe comunicar, etc.
Se o Dr. Santana Lopes tivesse feito metade das tropelias que já fez o Engº Sócrates, tinha sido linchado pela comunicação social. Quando vieram a público os desamores e amores do Presidente Sarkozy a sua popularidade baixou consideravelmente em França. E quando isso acontece com líderes políticos de esquerda? São coisas da sua vida privada.
Um político de esquerda nunca rouba. Distribui.
E por aí adiante.
Talvez não valha a pena insistir muito na questão semântica da Direita. E mais nas 5 ou 6 coisas fundamentais que nos distinguem de tudo o resto:
Uma nova Constituição (livre do socialismo/totalitarismo de estado) Estado Mínimo e Governo Mínimo Potenciar a sociedade civil e a iniciativa privada (dar liberdade e exigir responsabilidade)Garantir a soberania e a independência nacional Rever e reforçar a posição de Portugal no mundo, em especial no espaço euro-atlântico Repovoar o País: combate ao declínio (demográfico) e à desertificação do interior
Não há mal nenhum se a isto chamarmos uma esquerda diferente, porque o é.E se insistirem muito, sempre se pode dizer que é uma esquerda conservadora de direita.O que importa é que seja esquerda

Comentários: Enviar um comentário

Subscrever Enviar comentários [Atom]





<< Página inicial

This page is powered by Blogger. Isn't yours?

Subscrever Mensagens [Atom]