domingo, junho 01, 2008


MANUELA FERREIRA LEITE
A NOVA LIDER SOCIAL-DEMOCRATA


Manuel Ferreira Leite venceu a corrida para a liderança do PSD com 38 por cento dos votos dos militantes sociais-democratas.
Os restantes candidatos, Pedro Passos Coelho e Santana Lopes, ficaram com 31 e 30 por cento.
Para a primeira analise o que se pode vislumbrar é que o PSD está completamente dividido.
È claro que Manuela Ferreira Leite irá ter muitas dificuldades para gerir as hostes laranjas. Os 38 por cento não são margem suficiente para reclamar uma liderança absoluta.
E, tudo isto, porque os sociais-democratas “esqueceram-se” de colocar como obrigatoriedade uma segunda volta desde que não haja maioria absoluta na primeira.
Isto permitiria que o líder fosse eleito por maioria absoluta.

E é esta gente que cria e elabora as Leis da Nação na Assembleia da Republica. Só, por aqui, podemos retirar um exemplo de como se criam as leis que nos regem.

Mas, para nós Nacionalistas, o que é que temos a ver com a eleição de Manuela Ferreira Leite?
Em princípio: nada!
Mas, a liderança de Manuela Ferreira Leite – com estabilidade politica interna – é a única que pode tirar a maioria absoluta ao senhor Sócrates.
Manuela Ferreira Leite não tem uma politica diferente deste governo. Socialistas e Sociais-democratas não têm politicas diferentes.
Com Sócrates ou Manuela as politicas estranguladoras para os cidadãos vão continuar. Os interesses do capitalismo selvagem e mundialista vão continuar a reinar.
Nada irá mudar. Só as caras.

Então o que ganhamos com isto?
-Ganhamos que o poder absoluto das maiorias políticas caem e esta gente não sabe governar em minoria.
O PS não tem parceiros para coligações a não ser com os bloquistas ou uma cambalhota do CDS que, com Paulo Portas, não será muito fácil.
Ao PSD só lhe resta ter se chupar com o Portas o que será o mesmo, para a ti Manuela, ter que engolir sapos vivos.
Vão ser momentos duros para os partidos do sistema e, até, para o próprio sistema.
Eu disse sistema não disse Democracia. Não confundamos as coisas.
E nós Nacionalista?
Bem! Temos a ùltima oportunidade de nos organizarmos. Porque só organizados e unidos podemos passar as nossas mensagens e as populações aceitarem os nossos princípios e nas urnas de voto espelharem esse sentimento.
Temos por dever e por direito de acreditar nisso. Ou então não merecemos intitular-nos como Nacionalista.
Manuel Abrantes

Comentários:
O Emanuel apostou no candidato errado.
O puto é mesmo um artolas.
 
Ele tem apoios de peso no partido.
Tem futuro o moço.
 
que sabem voces sobre o Pedro Passos Coelho.
Pois podem crer que vai chegar longe.
Foi um grande lider da JSD e ainda vai ser um grande lider do PSD.
Esperem para ver.
 
Sr. Abrantes, e em quem é que os nacionalistas deverão votar? :)
 
Olhe sr. anónimo.
Na composição actual - disse: actual- das organizações Nacionalista só existe um caminho:
- Votar no Partido Nacional Renovador.
Há mais algum a concorrer a eleições?
Por enquanto não há. E se não houver é neste que devemos votar.
Se o PNR fosse mais abrangente e menos sectário, e não dominado por uma ùnica corrente, não haveria dúvidas nenhumas. O PNR era o unico partido dos Nacionalistas.
Percebe?
Manuel Abrantes
 
Enviar um comentário

Subscrever Enviar comentários [Atom]





<< Página inicial

This page is powered by Blogger. Isn't yours?

Subscrever Mensagens [Atom]