sexta-feira, setembro 12, 2008


AS SAUDADES DA “GUERRA FRIA”

Sarah Palin, candidata republicana à vice-presidência na corrida à Casa Branca, ficou marcada por uma frase chocante em entrevista ao canal televisivo norte-americano ABC. A senadora do Alasca admitiu a hipótese dos Estados Unidos declararem guerra à Rússia.
Interrogada se esta maior atenção sobre o Kremlin significa que os norte-americanos podem declarar guerra à Rússia se o país voltar a interferir na Geórgia, a candidata a vice-presidente respondeu: «Talvez sim».
Esta “republicana”, senadora do Alasca e apoiada pelo candidato Jonh McCain, diz que os aliados devem manter a Rússia debaixo de olho, na medida em que considera “inaceitável que Moscovo tenha invadido um país menor”.

Tudo se pode esperar de uma apoiante do senhor Bush.
Quem tenha o mínimo de atenção às políticas da actual administração norte-americana, declarações desta, só não dão para rir porque são sérias demais.
“(…)Invadir um país menor”. Então não é isso que a política norte-americana tem feito?
“(…)País menor”. O que é isso ?
O direito à existência e soberania nacional depende se for “país menor” ou um “país maior”?
Bem! Na realidade já começo – até eu… -a ter saudades da existência de duas (ou mais …) super-potências.
Com a politica americana a mandar sozinha, e a pôr e dispor à sua vontade e interesses, já começo a ter saudades de uma nova URSS.
Eu já estou a ficar maluco ou já estou senil.
Manuel Abrantes

Comentários:
Não
Caro Abrantes,
Não és tu que estás senil, senil está essa Sra. que disse uma bacorada dessas, certamente a esta hora, o Putin deve estar todo borrado de medo com a resposta dessa patética candidata a vice-Presidente dos EUA.
Essa criatura só demonstrou aquilo que digo à muito, os dirigentes dos EUS parecem ser escolhidos entre o que há de mais idiota naquele país, temos o Bush, que dava uma grande filme de apanhados, e agora parece que alguém se candidadta a substituí-lo como "Bobo-Môr do Reino".
Claro que isto só demonstra, que esses políticoss americanos, como doutros países aliás, não passam de fantoches nas mãos de grandes poderes ocultos, que esses sim, são quem realmente manda no país, e estas figuras caricatas, quando não lhes pôem um papel à frente com o que tem de dizer (e mesmo assim...), só dizem disparates.
Claro que os russos, cada vez mais fortes económicamente, ao contrário dos americanos, cada vez mais encravados, certamente, estão-se nas tintas para disparates desse género, agora que esses disparates tem um efeito de criar uma maior ligação do povo russo ao Kremlin, disso não tenho dúvidas, pelo que o tiro saíu pela culatra aos americanos.
Este país, que está à vários anos num beco sem saída quer no Afeganistão, quer no Iraque, quer através de todo Mundo aonde cada vez mais só ganha é inimizades, um dia destes fecha para obras e depois quero ver se alguém vai em seu socorro, não contando é claro, com meia dúzia de países, principalmente europeus, seus súbditos e seus paus mandados.
Vamos ver no que esta brincadeira dá.
Um abraço.

LUSITANO
 
Se calhar a importação queniana é melhor? antes a Pallin.

Essa postura a imitar os nossos pseudo-intlectuais de esquerda para quem é bem falar mal dos republicanos já contaminou o "outro" lado? ou é verdade que os extremos se tocam?
 
Mais uma vez o povo americano encontra-se numa encruzilhada e nada pode fazer a nao ser abster-se de votar ou -- se quiser cumprir com os preceitos civicos --votar, como eu, -- voto em protesto -- num partido que nunca tera possibilidade de ganhar.

No meu caso votarei em Bob Barr e no Partido Libertario que advoca a defesa total e seguimento dos preceitos inclusos na melhor constituicao ate hoje escrita a CONSTITUICAO DA REPUBLICA DOS E.U.A. !
E uma forma de protesto contra o status quo e monopolio partidario imposto aos votantes pelos verdadeiros donos dos EUA que ja nao sao o seu Povo.

Votar em em McCain ou Barack Hussein vai dar tudo no mesmo.
Claro que havera pequenas alteracoes para tapar os olhos ao povo. E preciso por vezes aceitar poequenas mudancas, coisas pouco significantes, para que o principal -- o que verdadeiramente deveria ser alterado -- nao seja sequer tocado!
John McCain para mim -- ... e ate acho que Palin para V.P. FOI UMA BOA ESCOLHA... para ele, claro -- nao passa de outro Geroge Bush, um Bush... "Lite"!
E a continuacao da politica externa dos Neo-Cons (os que levaram Bush para a guerra no Iraque !)ajustada as circunstancias actuais.
Vai ser mais do mesmo !
Contimuara o esforco para manter a hegemonia Americana sobre o Mundo apesar dos iemnsos custos que tal acarreta e do facto dos EUA caminharem em grande velocidade para um caos economico abreve prazo !
Quanto ao "Messias" Obama esse entao fala muito de "CHANGE" ...mas o que muitos dos idealistas que ainda o suportam nao parecem capazes de visualizar e que quem vai "MUDAR" primeiro e Obama ( e ja comecou a "virar o bico ao prego" em algumas coisas que originalmente dizia !) e nao o Governo em Washington !...se ele for o eleito claro!
NAO E POSSIVEL MUDAR MUITO EM WASHINTON A NOVEL FEDERAL.
Nao sao os poloiticos que na verdade mandam. Eles fazem o que seus patroes --as Elites que verdadeiramente MANDAM NA AMERICA-- lhes dizem para fazer. Nem mais nem menos. NUNCA sera o que os votantes querem ou acham que deve wser feito a nao ser que tal coincida com aquilo que as Elites desejam. Entao sim, a coisa passa!

Quanto ao cerco que estao tentando fazer a Russia -- com a colaboracao TOTAL dos lacaios, quase sempre Socialistas mas nao so, que estao a frente dos varios Governos Europeus -- nao e mais do que uma tentativa para que a America possa continuar a ser, sem competicao, o auto-designado "Policia do Mundo".
Um mundo unipolar onde a hegemonia Americana se tem feito sentir desde a queda do despotico Comunismo Sovietico.
A NATO -- que com o enorem suporte de Reagan, Thatcher e o Papa Paulo cumpriu e bem a sua missao de 'derrotar' a USSR --que devia ter sido abolida apos o fim da Guerra Fria esta sendo ressuscitada para "conter" os Russos e nao permitir que tenham aspitacoes a ser novamente a Grande Potencia Europeia que merecem ser depois de abandonarem a ideologia e o imperio.
Nos tempos de Boris Yeltsin recordam-se de como o Ocidente considerava que a Russia era uma grande democracia ? Quando quem ditava ordens em Moscovo era Washinton e Berlin ?
Pois era. Era aquilo que o Grande Capital gostava que todos os povos fossem...democracias (?) que se agacham ao servico dos interesses do Capital Globalista Euro-Americano que se delicia em explorar ao preco da chuva os rescursos e riquezas dos paises.

Quando os povos "acordam" e querem gerir o que e seu --como aconteceu na Russia com Putin -- entao comecam os problemas.
Enta, de repente, ja nao sao 100% democratas!
Tornam-se autoritarios e sao uma ameaca para as Liberdades & Democracias mundiais.
Tudo CONVERSA, PROPAGANDA para enganar os mais incautos.

Pois a Russia quer os Americanos e os Alemaes queiram quer nao ira ser uma Grande Poitencia.
E oxala que a China e outros os sigam em breve na cena Mundial.
E perigoso ter apenas a America em tal posicao de hegemonia.

E perigoso para o Mundo e perigoso para os proprios Americanos que veem todos os seus ganhos -- de anos de intensa luta laboral poor melhores salarios e benfcios sociais -- serem diluidos e destruidos por uma imigracao macissa de mao de obra barata ao mesmo tempo que anos de pesquisa a adquirir "know-how" e milhoes de postos de trabalho bem pagos sao exportados para a China, India e outros. E um empobrecimento propositado debaixo da cansada desculpa de que e por causa da...Globalizacao.
A Globalizacao e patrocinada pelo Grande Capital a quem interessa o empobrecimento das massas trabalhadoras da America e da Europa que inconscientemente continuam votando em partidos manipulados pelo grande Capital Euro-Americano, quase sempre os "moldaveis" Socialistas.

Portanto e necessario apoiar a Russia e a China ( e porque nao o Brasil, a India , o Japao e a Indonewsia entre outros ) no sentido de virem a cena mundial competir com os Americnaos e estragar-lhes a hegemonia estranguladora que exercem.

Nem a "PAX" nem a Democracia Americana sao exactamente as melhores coisas que existem para o mundo e para a propia America.
Um novo balanco do poder Mundial esse sim creio que sera benefico, principlamente para quem nao e rico e poderoso e tem de continuar a trabalhar para sustentar familia!

Renato Nunes
Carolina do Sul, EUA
 
O problema dessa Senhora, que aspira a vice-presidente dos EUA, é o de muita gente, que pensa que os outros é que são patetas e eles é que são os espertos.
Claro que uma guerra com a Rússia, se calhar trazia mais prejuízos para os americanos do que para os próprios russos, independentemente de quem estivesse no meio, sofrer com esses embate, não nos esquecendo que um acto desses, iria fazer alinhar de ambos os lados, outros países, e não vejo os chineses ou até os indianos, para além doutros povos daqueles lados, ao lado dos EUA.
Estas pessoas, acham que devem ser os únicos "heróis" na Terra, que os outros são uma cambada de palhaços e que se sujeitam a tudo o que lhes der na gana, claro que estes candidadtos, tal como sde outro países europeus e não só, são apenas marionetas manobrados pelos grandes interesses económicos americanos e mundiais, e sempre que não lhes colocam à frente um papel para ler, quando falam só por si, como foi o caso, só dizem disparates. Aliás, não passam de bobos da côrte, recebem umas massas, estão convencidos (ou talvez não), de que são eles que mandam, quando na realidade, não tem qualquer competência para isso.
Estou até convencido, que os patrões desta senhora, ainda lhe vão puxar as orelhas por ter dito um disparate daqueles.
Por outro lado, já estou a ver o Sr. Putin, a tremer todo borrado de medo, aliás essa bacorada só serve para que o povo russo ainda apoie mais o seu 1º Ministro, o que se pode considerar uma "jogada inteligente" por parte dos americanos, que, agora andam de candeias às avessas com os russos.
Pelo andar da carruagem, vê-se, que quem vem aí, deve ser de 1ª gema.
Cumprimentos.

LUSITANO
 
Estás sim Abrantes, tu estás senil há muito.
 
Enviar um comentário

Subscrever Enviar comentários [Atom]





<< Página inicial

This page is powered by Blogger. Isn't yours?

Subscrever Mensagens [Atom]