sexta-feira, setembro 05, 2008


PRESIDENTE DO PNR CONTA O QUE SE PASSOU
NO “FESTIVAL NACIONALISTA DE VERÃO



Estando desvinculado do PNR há mais de um ano, não deixo de publicar neste espaço acções ou posições meritórias deste partido.
È o caso do texto publicado no seu site oficial e da autoria do seu presidente, José Pinto-Coelho sobre os acontecimentos no “Festival Nacionalista de Verão” organizado por este partido.
Vou abster-me de qualquer comentário na medida em que não estou ao corrente dos factos.

(do site oficial do PNR)
DO PRESIDENTE AOS NACIONALISTA

Está bem fresca na nossa memória a repressão contra uma festa particular do PNR, no passado dia 9 de Agosto em Lagoa, no Algarve, aquando da realização do primeiro “Festival Nacionalista de Verão”, com o intuito de promover o convívio entre militantes em ambiente e estilo diferentes daquilo que tem sido habitual.
Tudo foi feito para boicotar e inviabilizar uma festa de um partido, como as há, tantas outras de outros partidos.
A diferença é que se trata do PNR e, assim sendo, tudo se “justifica” e “explica”…
Por ser uma festa do PNR, a Câmara de Lagoa, cedendo naturalmente a pressões vindas do sítio do costume, mandou que se desmontasse e retirasse a aparelhagem de som e os instrumentos musicais para actuação de bandas – acabadinhas de montar! - que esta disponibiliza para as mais diversas entidades que o requeiram!
Tal sucedeu quando apenas faltava uma hora para o começo do programa do Festival!
Só mesmo a extraordinária dedicação, capacidade de reacção e mobilização dos nossos militantes algarvios, permitiu que se improvisasse nova instalação de som e de instrumentos musicais, solicitando uma coisa aqui e outra acolá, entre amigos e conhecidos em diversas terras do distrito.
Tudo se conseguiu resolver, com dificuldades, atrasos óbvios e dores de cabeça, mas a festa fez-se na mesma!
Aquilo que não nos mata, torna-nos mais fortes!
Além deste tipo de boicote e discriminação chocantes, ainda fomos alvo de um verdadeiro cerco de brigadas da GNR que, no exterior, montaram barreiras nos acessos ao local do evento, fazendo parar todos os carros, revistando-os, inquirindo os ocupantes acerca de irem ou não ao festival e, por fim, aconselhando-os a não o fazerem.
No interior do recinto, aí, foram os agentes da PJ que ao longo de todo o dia estiveram a “tomar conta” de nós…
Ou seja, um espectáculo degradante e escandaloso que configura a mais óbvia repressão, censura e boicote com que têm sido brindados os Nacionalistas.
Enfim, assaltam-se diariamente bancos, gasolineiras, estações dos correios e pessoas; dinamitam-se carros blindados de transporte de valores; fazem-se tiroteios nas ruas; assassinam-se comerciantes para roubar o estabelecimento; provocam-se desacatos nas praias; e por aí fora…
Mas o que é “preocupante”, ao que parece, é uma festa para militantes do PNR...
Isso sim, é "sinal de perigo" de alteração da ordem pública, de alarme social e de insegurança para os portugueses.
Isso sim, “justifica” que se montem barreiras policiais e se mobilizem agentes e meios, durante todo o dia, gastando-se avultadas verbas do erário público e mantendo ocupadas as forças da segurança para olharem pelos Nacionalistas.
Será que as habituais festas de outros partidos como a do Pontal, por exemplo, também são alvo de tanto “zelo” por parte do sistema? Será que vai haver alguma preocupação em se fazer o mesmo na Festa do Avante? Pois…Então afinal, isto é ou não perseguição despudorada aos Nacionalistas?
José Pinto-Coelho 1 Set 2008


Comentários:
Nao me surpreende nada que os "Cor-de-Rosa" -- os tais marxistas envergonhados mas com mentes abertas e altamente "moldaveis" que ao contrario dos seus irmaos ideologicos, os comunistas, facilmente "aceitam" os ditames da Maconaria e do Capitalismo Globalista -- tenham tomado contra o PNR e seus adeptos medidas que nunca ousariam tomarm contra os "Vermelhos" do PCP e seu festival.
No fundo existe ainda um nivel sentimental -- e um receio do PCP que nao tem do PNR -- que os une.
Alias, muitos dos que pertecem hoje as Elite PS "emigraram" do PC, do MRPP e outros para o P.S., onde o terreno produzia mais e melhores pastagens. Os rapazes nao sao nem cegos nem estupidos como o Povo em geral!
A perda de outros partidos foi o ganho do P.S. que adquiriu assim novas hostes de filiados verdadeiramente dedicados a "causa Sucialista"!
Renato Nunes
Carolina do Sul
EUA
 
Esqueceu-se do Durão Barroso, amigo.
 
Enviar um comentário

Subscrever Enviar comentários [Atom]





<< Página inicial

This page is powered by Blogger. Isn't yours?

Subscrever Mensagens [Atom]