sexta-feira, janeiro 23, 2009


O TRATADO DE ZAMORA

Mais investimento público e mais transparência no sistema financeiro internacional, foi esta a receita ibérica de combate à crise deixada pelos primeiros-ministros português e espanhol, José Sócrates e José Luís Rodríguez Zapatero, em Zamora.
Foi a 24.ª cimeira luso-espanhola e contou com a presença de 24 ministros de ambos os países.
Foi o blá-blé habitual neste tipo de cimeiras. Muitos abraços e muitos beijinhos que, no fim, se resumem a umas excelentes almoçaradas e jantaradas.
Bem, o convívio entre ministros é sempre salutar para colocar as novidades em dia.
Espero que se tenham divertido e consolidado as amizades na família socialistas.

Mas, o que eu gostaria de relembrar aqui é um outro encontro. O Tratado de Zamora de 1143.
Pois, é que nenhum dos nossos ministros se lembrou disto.
Coitados! Sabem lá eles desta coisas…

Então aqui vai:
O Tratado de Zamora foi o resultado da conferência de paz entre Afonso Henriques e o rei Afonso VII de Castela e Leão, a 5 de Outubro de 1143, marcando geralmente a data da Independência de Portugal e o início da dinastia Afonsina.

Após uma vitória em Ourique, em 1139, D. Afonso Henriques consolidou a sua posição para formar um novo Reino, com o apoio do Arcebispo de Braga. Este procurou conciliar os dois primeiros e fez com que eles se encontrassem em Zamora nos dias 4 e 5 de Outubro de 1143, com a presença do cardeal Guido de Vico.

A soberania portuguesa, reconhecida por Afonso VII em Zamora, só veio a ser confirmada pelo Papa Alexandre III em 1179, mas o título de Rei de Portugal, que D. Afonso Henriques usava desde 1140, foi confirmado em Zamora, comprometendo-se então o monarca português, perante o cardeal Guido de Vico, a considerar-se vassalo da Santa Sé, obrigando-se, por si e pelos seus descendentes, ao pagamento de um censo anual.


Pelo menos, nós, relembramos o evento.
Manuel Abrantes

Comentários: Enviar um comentário

Subscrever Enviar comentários [Atom]





<< Página inicial

This page is powered by Blogger. Isn't yours?

Subscrever Mensagens [Atom]