domingo, março 08, 2009

OS “MIMINHOS” ENTRE SENHORES DEPUTADOS

Estive para publicar, com esta peça, uma foto da Assembleia da República. Contudo, julgo que o caso é vergonhoso demais para tal Instituição.
Resolvi colocar uma criança com vergonha dos políticos, se isto não mudar.
Mas, vamos ao asssunto:

O deputado José Eduardo Martins (PSD) resolveu responder com uma do “vai pró caralh…" às acusações do deputado socialista Afonso Candal.
Afonso Candal é filho do advogado Carlos Candal. È que lá para as bandas dos socialista, parece que o lugar de deputado já consta nas heranças de família,.
Mas, voltemos ao assunto.
O tema em discussão era as energias renováveis-
A polémica iniciou-se quando Candal considerou necessário clarificar o que Martins dissera: "Diz isso com a preocupação com a questão da dependência das energias fósseis e do petróleo, ou diz isso com base na questão económica e do emprego, ou diz isso com base em alguns interesses”
A insinuação esteve baseada no facto do deputado social-democrata ser advogado nas áreas da Energia e do Ambiente.

Bem, eles lá sabem sobre a vida particular uns dos outros e os seus interesses pessoais.
Não há dúvida de que, nesta Assembleia, todos desconfiam de todos.
È a imagem dos políticos que temos.
È a imagem dos políticos e da política actual.
Isto é inquestionável!

Quando um deputado, em plenas funções, não respeita o lugar que ocupa não tem respeito por ninguém.
A Assembleia da República levou os primeiros enxovalho nas discussões da mais pura “ordinarice” no período do PREC. Segundo parece está a voltar ao mesmo.
Aliás, está a voltar ao mesmo? Não!!! Eles são os mesmos ou filhos da mesma escola.

Esta gente não tem princípios nem Honra.
Aliás, nem sabem o que isso é.
Manuel Abrantes

Comentários:
Gostei de ler e espero que se torne comum e fique ainda pior !
Pois quando esta Republica atingir o nivel e estilo que existiu na primeira Republica e alcancar o nivel de descalabro economico e social que foi atingido naquela -- ate hoje nao igualado -- entao podemos ficar satisfeitos que uma nova etapa na vida de Portugal foi atingida.
Satisfeitos porque se ainda restar em Portugal um Homem com o calibre e dignidade de Oliveria Salazar ele tomara as redeas do poder e reconduzira o pais pelo caminho da honestidade e progresso dentro dos nosso meios sem que seja posto em perigo a nossa nacionalidade ou os nossos valores morais e historico tradicionais.
Renato Nunes
 
Não fiquei nada chocado com a desinibição do deputado José Eduardo Martins. Qualquer pessoa tem vontade de mandar p'ró c... os políticos do PS. O deputado do PSD pelo menos foi sincero.
Não devemos julgar as pessoas pelos punhos de renda que ostentam (ou que não ostentam). De criminosos bem educados está a Pátria cheia.

(Abrantes, olhe aqui a resposta que eu dou a uma instituição democrática que tem como função vigiar os nacionalistas
http://forumpatria.com/index.php?topic=3392.0 )

Dux Bellorum
 
Caro
Amigo Abrantes,
Confessa lá, que aquilo não alegrou o Zé Povinho?
Diz lá à gente, se não achaste aquela actuação ao mais belo estilo democrático parlamentar português?
Diz lá, que aquilo não é a identificação pura e simples dos nossos deputados com o mais tosco pato bravo que habita neste país?
Caro Abrantes, agora fico à espera que os responsáveis pela A.R., mandem substituir os cadeirões aonde os ilustres deputados sentam o rabiosque, por cadeiras mais levezinhas, pois dessa maneira, pode ser atirem com elas à cabeça uns dos outros, no mais puro e requintado estilo de Taiwan.
Agora, é que até a "barraca" abana.
Um abraço.

LUSITANO
 
O País enterrra-se, mas de que maneira e eles sabem-no bem e vão aproveitando o melhor que podem e todas as maneiras.
O PNP enviou para alguns deputados o que se deveria fazer na sua opinão, para se Salvar Portugal e um perguntou se era para os governantes andarem de bicicleta.........??????????.

Por este andar nem bicicletãs vão haver..........

O PNP propõe dez medidas urgentes a serem tomadas para salvar Portugal:

1- Criação de um departamento de investigação imediata de todos os
ordenados e remunerações dos que, encontrando-se em posições chave a
nível governamental e privado auferem remunerações exorbitantes, por
vezes muito mais elevados dos que em posições semelhantes , nos países
estrangeiros e mais ricos.
Inspecionar também se os mesmos foram para esses cargos por mérito
próprio ou se foram lá colocados usando a "velha táctica" de "jobs
for the boys".
Cortar de imediato nesses salários ou remunerações e retirar os carros
"topo de Gama", trocando-os por carros mais baratos e humildes.

Revogar as pensões dos ex Presidentes da Républica, já reformados, que auferem não só uma reforma "choruda" monetáriamente falando, mas ainda têm carro do Estado, motorista, secretária particular, polícia á porta e outras benesses..............tendo-se verificado que o orçamento dos gastos com os presidientes da Republica Portuguesa são de longe superiores ás Monarquias da Europa.
Acesso á suas constas bancárias por parte das autoridades competentes.
Combate á corrupção, com punições severas para quem as pratica.
O "apertar do cinto" deverá começar por cima.

2-Ensino do Inglês, por nativos que falam esta língua, para que
Portugal se torne num país bilingue, como no caso dos países
desenvolvidos.

3-Reforçar e internacionalizar rápidamente as relações empresariais,
universitárias e culturais com os países que ocupam posições de
liderança na inovação tecnológica, á escala mundial, com destaque
para os EUA, Países da Europa do Norte e alguns países inovadores da
Ásia.
Fomentar o espírito de empreendorismo, e gestão da inovação e
criatividade entre os jovens licenciados.

4-Abdicar da construção do TGV e do Novo Aeroporto usando antes esses
capitais para o desenvolvimento imediato da agricultura, pecuária e
pesca, aproveitando o potencial do Alentejo e renegociar com Bruxelas
as quotas para a agricultura.

5-Desenvolvimento urgente das energias renováveis especialmente a
bio-enegia, energais solares, energias eólicas e hídricas.

6-Votar corretamente para ivitar que o PS obtenha uma maioria
absoluta, pois está provado ao longo deste tempo todo desde o 25 de
Abril que os sucessivios governos da esquerda são péssimos gestores.

7-Contactar peritos, se possível no estrangeiro, para verificar as
estranhas falências de diversas empresas que num dia são viáveis a no
outro fecham as portas deixando no desemprego milhares de
trabalhadores.

8-Terminar de imediato com as portagens das auto estradas e pontes
baixando para o mínimo a velocidade nas mesmas para poupança não só
dos combustíveis como da sinistralidade que tem saído muito caro aos
contribuintes portugueses, já para não falar m perda de vidas..

9-Aumento das exportações de produtos prtugueses, que nos outros países são muito
apreciados e por outro lado ncentivar todo o português a comprar produtos
nacionais.

10-Sendo o turismo uma grande fonte de riqueza, fomentar o mesmo
tornando Portugal um país apeticível para ser visitado, pois reune
condições para isso.
Empregar no Instituto do Turismo, assim como em outros lugares de
procura turística, trabalhadores que falem e dominem bem o inglês



PNP
 
Mário Crespo entrevistou ontem na Sic Medina Carreira. para quem não viu poderá ver os youtubes em tres partes 1/3 2/3 e 3/3. vale a pena.

Veja em Notícias Nacionais em


www.p-n-p.forumeiros.com
 
A crise económica/financeira está um pouco por todo lado. E há quem diga que o pior ainda está para vir. Mas quando é extremamente importante um apoio às empresas o Primeiro-Ministro José Sócrates resolve apertar com os empresários e dizer algo do género: "é importante verificar as contas bancárias daqueles que apresentem sinais exteriores de riqueza." Mas afinal o que é isto?! Se têm o que têm é porque é deles e de mais ninguém, e se possuem esses bens é porque realmente os merecem, tendo, em muitos casos, trabalhado arduamente para conseguir subir na vida. Mas o Engenheiro (a confirmar) Sócrates já nos habituou a estas situações. É de lamentar esta atitude do Primeiro-Ministro para com os empresários.
Numa altura em que a crise assola o país é necessário a criação de um sistema de incentivos a iniciativas empresariais, especialmente a micro, pequenas e médias empresas (98% do tecido empresarial em Portugal). São elas que realmente conseguem colocar a economia a funcionar e gerar produtividade. Não nos podemos esquecer, obviamente, que a exportação tem um papel fundamental neste contexto. Tudo isto iria salvar vários postos de trabalho e até criar novos.

Neste sentido, para o P.N.P, é importante e urgente criar um plano de incentivo e apoio às empresas. É igualmente necessário a criação de novas empresas, o apoio aos empreendedores e o fortalecimento e expansão da actividade económica.

O P.N.P considera, no seu programa, e devido à crise, que o tema “Incentivo aos empresários” seja considerado dos mais prioritários, já que a conjuntura económica mundial assim o exige.



Pedro Nuno


Localização : Representante do PNP em Aveiro
Emprego/lazer : Licenciado em História pela Universidade de Coimbra
Humor : Bom
 
É interessante que Sócrates peça a investigação das contas bancárias dos empresários, muitos deles a lutar dia a dia para sobreviverem e no entanto trave a investigação das contas bancárias dos Deputados, governantes e outros.................quem não deve não teme, e as contas bancárias dos mesmos deviam ser analizadas urgentemente, não só em Portugal como em off-shores etc....hoje com a internet e com o aval do Tribunal Europeu é muito fácil (com excepção da Suiça, claro)


Os Portugueses que exijam.........
 
Abrantes, convide o Barandas para partilhar consigo a autoria deste blogue. Ele já é responsável por 80% do que se escreve aqui...
Mudavam o nome para Estado Novo Democrático Sul Africano (Versão MFA).

(Espero que não leve a mal esta pequena brincadeira)

Dux Bellorum
 
SR Dux Bellorum
Não levo a mal. Mas não gostei da "brincadeira" !
O senhor lá no seu Forum também critica os intervenientes por colocarem muitas opiniões?
-Claro que não!
-Até agradece...
Porque vem agora criticar um comentador por, este, colocar muitos comentários?
Coloque também.
So tenho de agradecer, por isso.
Manauel Abrantes
 
Votem PNR que isso passa ;)
 
Sr Dux
claro que não irei publicar o seu comentário em 11/03.
Como entendo que ofende a dignidade pessoal de uma pessoa, não vou publica-lo.

Ninguém lhe poderá dizer que ando, ou não, zangado com os seus comentários.
Considero-os oportunos (alguns...) e tenho muito gosto em "ve-lo" por aqui.
Manuel Abrantes
 
Enviar um comentário

Subscrever Enviar comentários [Atom]





<< Página inicial

This page is powered by Blogger. Isn't yours?

Subscrever Mensagens [Atom]