segunda-feira, maio 18, 2009


RENDIMENTO SOCIAL DE INSERÇÃO SOBE EM FLECHA

Após um pequeno interregno, por motivos profissionais, volto ao contacto com os leitores e comentadores deste espaço.
Começo por uma peça publicada no “Diário de Noticias” sobre esse tal Rendimento Social de Inserção.
Aqui vai:
Há mais 16 mil famílias que acederam ao RSI do que em Março do ano passado. A situação pode piorar, pois foram feitos dez mil novos pedidos por mês, quase o dobro da média registada em 2008
O número de beneficiários do Rendimento Social de Inserção (RSI) subiu para 367 702 em Março último, o que significa que há mais quase 33 mil pessoas abrangidas por aquela prestação social do que em igual período do ano anterior. Pior é o cenário que se pode antever, a partir dos novos requerimentos entrados nos primeiros três meses do ano, e que ainda aguardam deferimento: a média mensal de pedidos passou dos cerca de 6600 registados em 2008 para mais de 10 mil. Más notícias, em primeiro lugar, para quem precisa e para o Estado, que vai ser obrigado a aumentar a despesa com aquela prestação social.
Os dados - que são os últimos apurados pelo Ministério do Trabalho e da Solidariedade Social - indicam ainda que , no mesmo período, o número de famílias beneficiárias aumentou em 15 721, equivalendo agora a quase 142 mil os lares, que, por passarem sérias dificuldades económicas, tiveram acesso à prestação.

Pessoalmente, não sou contra este Rendimento Social. Sou contra sim a sua aplicação prática.
Sou a favor da integração social nos deficientes. Aqui sim! Agora, em gente que o adquire só porque considera que representa minorias sociais – como é o caso dos ciganos, ou outros – não posso concordar.
O Rendimento Social de Inserção, em muitos casos, não passa de uma manobra de autentico parasitismo social.
Manuel Abrantes

Comentários:
O R.S.I. e a prova mais flagrante da falha do Liberalismo-Socialismo ( nao so em Portugal pois o RSI existe sob outras formas na Europa e na America do Norte) e de que as soulucoes esquerdistas nao conduzem a lado algum na solucao dos serios problemas que afligem Portugal.

Ser um "Estado Maezinha" pode ser apontado como algo humanista, romantico mesmo, mas nao conduz a elevacao da productividade geral e, consequentemente, a producao e criacao de mais riqueza.
E sem tal nao e possivel repartir ou distribuir o que nao existe.

Ja a grande P.M. britanica Margaret Thatcher dizia que o Soc ialismo e o melhor sistema que se inventou, desde que continue a haver gente que produza riqueza que chegue para pagar tantos beneficios sociais.

E uma vez que alguem TEM DE PAGARde o dinheiro que vai para essa gente -- cada vez e maior o numero de pessoas a receber esse subsidio -- toda a populacao activa, que ainda trabalha, vai empobrecendo aos poucos.

Ira chegar a um ponto em que ninguem querera trabalhar ou ter iniciativas empresariais pois todo o incentivo desaparece.

O RSI creio que originalente foi criado para prover os ilegais e minorias com dinheiro que levasse a que se "portasse bem".
Tal nao foi o suficiente e eles agora ainda querem mais.

Segundo , encoraja o parasitismo e o gandulismo de muita gente.
Nao atirem pedras aos ciganos pois ha muitos PORTUGUESES que nunca gostaram nem gostam de trabalhar e vivem a chular o pais recebendo RSI.
Alias toda a "cultura moderna" portuguesa aponta nesse sentido.
Portugal e dos muito poucos paises onde e comum ser dito, como piada ( mas nao e piada, e verdade ) entre as pessoa..."SO TRABALHA QUEM NAO SABE FAZER OUTRA COISA !!!".

Um ditado como este revela muito o caracter de um povo e so e possivel existir em alguns paises latinos e africanos com influencia latina.

So falta agora indexar o RSI a inflacao para nao perder poder de compra e dar aumentos anuais para que o nivel de vida dos recipientes suba!
Magnifico !!!
Continuem assim que o pais ira longe.

Renato Nunes
Carolina do Sul, EUA
 
Precisamos cá da sua combatividade!
 
Caro
Abrantes,
O RSI é uma piada de mau gosto que só poderá existir em países de opereta tal como é o caso de Portugal.
Teoricamente não sou contra o facto do Estado ajudar quem numa determinada fase da sua vida, precise da sua ajuda, mas, e há sempre um "mas", desde que haja uma certa honestidade da parte de quem o recebe, que corresponda a uma situação de real emergência e a uma situação momentânea, caso contrário, esse tal rendimento transforma-se num subsídio à mandriice, ao "dolce far niente".
Ora, este é um absurdo em estados liberais capitalistas como é o nosso, ou seja, sob o ponto de vista económico, só se justifica que o Estado pratique esta "subsídiocracia" em Estados Socialistas, em que, quem controla a Economia é o Estado (num conceito mais vasto de Povo), em que é simultâneamente patrão e empregado, em que existe um controle real das causas do desemprego por exemplo, ou seja, nesse caso o Estado tem de actuar como entidade de socorro social em que tem a obrigação de cuidar dos seus desvalidos, ora num Estado ultra-liberal, isso é uma fantasia, nestes estados, o valor máximo é a competitividade, quer dentro do país, quer externamente, ora se se estão a empregar fundos importantes no subsídio de todos os que passam por dificuldades ou simplesmente não querem "vergar a mola", o resultado inexorável é a falência desse Estado acabando dessa forma com os subsídios para todos.
Claro, que alguns dirão, que as pessoas descontam, para a SS, pagam impostos, etc., pois pagam, mas se quem paga cada vez é menos, e quem recebe cada vez é mais, das duas uma, ou reduzem drasticamente os subsídios, ou quem ainda trabalha e as empresas, tem de pagar cada vez mais, isso é impossível por muito tempo, há também outra hipótese, é a utilização dos "cartões de crédito" por parte do Estado, ou seja, vai-se endividando cada vez mais com juros igualmente cada vez mais caros até à implosão final, esse parece ser o caso português, estamos à beira dum fenómeno desse tipo, um dia destes não há nada para ninguém, e depois???
Depois, depois é o caos nas ruas, é o desfragmentar do Estado é a imposição duma Ditadura, aliás, estas explosões que tem acontecido um pouco por toda a parte, são já indícios importantes desse desfazer do Estado, é o princípio da dissolução do Estado tal como o entendemos pela substituição da arruaça, e isso só pode ter dois desfechos, ou uma guerra civil, que por motivo de estarmos numa coisa chamada UE se pode transformar em guerras civis além-fronteiras, ou então, o mais certo, é aparecer um regime de força e acabar de vez com este simulacro de liberdade a que, erroneamente ainda chamamos de "Democracia", penso aliás, que este tipo de condução e manipulação das massas no sentido destas reacções explosiva - não tenham dúvidas disso - tem em vista uma solução dessas, pois é o resultado final daquilo que alguns pretendem, um Governo Universal dirigido por uma pequena elite, mas, com tais poderes de vida ou de morte, que os regimes ditatoriais do século XX, comparativamente, foram meras brincadeiras de crianças.
Estamos pois, no limiar duma Nova Era, duma Era implacável, em que os actuais subsídios para quem nada quer fazer, serão substituídos por uma pena de morte, pois não vai haver espaço para mandriões ou oportunistas, quem não render não interessa, logo, está a mais, é a Era do "homem descartável", tanto mais, que, com as novas tecnologias por um lado a substituirem cada vez mais o homem e com as reservas de água potável e petróleo a diminuírem a olhos vistos - reservas essas não renováveis, não esqueçamos - vai haver nitidamente um excesso de população mundial.
A ver vamos se terei ou não razão.
Um abraço.
Cumprimentos.

LUSITANO
 
O "Governo Universal" que alguns desejam e a "Nova Era" em cujo limiar LUSITANO aponta estarmos ( e com muita razao !!!)estao ha muito planeados e sao inteiramente suportados por uma elite ( super-capitalistas, banqueiros, academicos & intelectuais de esquerda, militares, muitos politicos e ate algumas familias reais) que se considera supra-nacional e que acha que e tempo de se acabar com as Nacoes-Patrias em favor de uma NOVA ORDEM MUNDIAL.
Objectivo principal...MAXIMIZAR OS LUCROS dos interessados e evitar guerras desnecessarias na conquista de materias primas e mercados.

Sede em Washinton ( obviamente) e sucursal # 1 em Bruxela ( surpreende alguem? ).
A New World Order ( varios nomes sao usados para se refirem a mesma coisa) sao a organizacao umbrela que da cobertura aos Bildeberg, ao Trilateral Comission, aos 'Illumminatti' e, segundo rumores aqui nos EUA nela estao incluidos os Grandes Mestres das maiores e mais importantes lojas Maconicas do mundo, incluindo a Italiana de que Silvio Berlusconi e membro..

Ha quem diga que tal nao passa de teorias de conspiracao. Mas claro, a contra-informacao tem de fazer seu trabalho nos Media no sentido de se manter em segredo -- os objectivos finais do projecto -- o mais tempo possivel .
Ate dizem que Barak Obama foi apontado por eles para a Prasidencia dos EUA dado os seus poderes de persuasao. Com a sua labia pode fazer um bom trabalho em favor da N.O.M.
Mas deve haver alguma verdade por detras do que se diz pois muitos factos apontam nesse sentido.
.
Onde ha fumo ha fogo.

Renato Nunes
Carolina do Sul, EUA
 
O PNP começou hoje uma campanha a todos os níveis para irradicar a fome em Portugal. Dois milhões de portugueses vivem no limiar da pobreza total e completa. Cada vez que comeres, lembra-te que muitos estão sem nada para o fazer, e que muitas criancinhas em Portugal desmaim de fome sem terem ainda comido hoje. Antes de gastares ou esbanjares dinheiro, lembra-te dos que em Portugal muitos há que nem uma codea têm para o fazer.
Passa a mensagem para outroscomo nós já fizemos a nível de Face Book, Hi5, e outros.......que ninguem se cale.

Que a fome seja irradicada total e completamente do nosso País.
PNP

O orgulho de ser português
www.p-n-p.forumeiros.com
 
Sim a N.O.M. de que fazem parte muitos políticos de todo o mundo e alguns de Portugal puseram lá o sr. Obama, pois ele não foi para lá de qualquer maneira. Movemntar as massas já não é tão difícil assim......

Para muitos que está tapado, mas para muitos que sabem o Ingles, e lêm entre linhas,até está bem claro.


PNP
O orgulho de ser
Portugues

www.p-n-p.forumeiros.com
 
Enviar um comentário

Subscrever Enviar comentários [Atom]





<< Página inicial

This page is powered by Blogger. Isn't yours?

Subscrever Mensagens [Atom]